Vlog #4 (final) Ilhéus/BA – Brasil | Bike Tour – Tororomba

Hellooo Brasil!!!

Para finalizar a série de vídeos de Ilhéus, venho compartilhar com vocês, como foi o dia do passeio Bike Tour com o pessoal do Tororomba Resort. Já contei mais sobre esse passeio nesse post AQUI. Agora aperte o play e venha conferir como foi!

Beijos com carinho,

Look do dia: Confortável e estiloso

Hellooo Brasil!!!

Hoje tem post de look! Adoooroooo, hahahaha.

Nada melhor que um look bem confortável, não é mesmo? Esse estilo é bem a minha cara. Amo tênis e roupas que me deixam a vontade, sabe? Sempre gostei! E esse look usei no final de semana passado, para passar o dia na cidade de São Roque, interior de São Paulo (aliás, terá post sobre São Roque logo mais). Como iríamos andar o dia todo, o passeio pedia algo confortável.

Essa calça é uma legging  tradicional e comprei em uma lojinha de bairro. Achei que caiu super bem e, não ficou transparente igual muitas outras que eu estava experimentando por aí.

A blusa, eu estava a procura de alguma que fosse bem nesse estilo mesmo ou alguma de moletom. Foi quando me deparei com essa da John John em um outlet que estava passando o ponto (nesses casos de “passa-se o ponto” as roupas costumam estar bem mais baratas que o preço original). Eu não sou dessas que ligam muito para marcas (apenas para algumas coisas), mas essa blusa acabou saindo R$ 150,00 mais barata e como eu gostei bastante dela e já estava a procura de algo parecido, acabei comprando.

E esse tênis lindo, foi amor a primeira vista! O Léo me deu de presente de dia dos namorados (junto com um outro tênis que também amei). Tanto as estrelinhas quanto a parte de trás, no calcanhar, é todo brilhosinho. Ele também é meio plataforma (sola de uns 3cm) e também foi comprado em uma loja no bairro. Achei que deixou o look ainda mais estiloso.

O que vocês acharam?

ESTOU USANDO:

Beijos com carinho,

look do dia, look, look of the day, moda, beleza, roupas, roupas femininas, moda blogueira, blogueira

Você pode se interessar por estes assuntos!

Look do dia: Saia longa para o verão

Look do dia: Jaqueta Animal Print

Look do dia: Saia listrada “romantiquinha”

Carlo’s Bakery SP – A famosa confeitaria do Cake Boss Buddy Valastro

Hellooo Brasil!!!

Um tempinho atrás, fomos conhecer a Carlo’s Bakery que inaugurou aqui em São Paulo. Para quem não conhece, essa é a famosa confeitaria do Cake Boss Buddy Valastro.

Essa foi a primeira unidade da confeitaria inaugurada fora dos Estados Unidos. Pensa se não estávamos com um vontade louca de experimentar essas gostosuras? Hahahaha

A loja conta com diversos tipos de doces e fica muito difícil escolher qual você vai querer, haha. Os mais tradicionais e carro chefe da confeitaria são o cannoli e o lobster tail (ambos com recheio de creme, e esse último em massa folhada).

É possível também fazer encomendas de bolos personalizados.

OBS: Se você quiser encomendar algum bolo personalizado, é necessário que faça primeiro um agendamento com uma consultora da fábrica, pois assim ela irá entender suas ideias e trabalhar para que o bolo saia perfeito e seja inesquecível. 

Quanto aos valores dos bolos, vai depender muito de como você irá querer (tipo de recheio, tipo de massa, quantidade de fatias, tipo de decoração), por isso, não há como ter uma base (apesar que vimos uma reportagem da revista Veja, dizendo que os bolos estavam a partir de R$ 200,00 e os de pasta americana a partir de R$ 240,00), mas aconselhamos consultá-los primeiro para ter certeza do valor.

Já os doces na confeitaria, possuem uma média de R$ 15,00 cada.

Lobster Tail de creme

Cannoli de creme

Cupcake Red Velvet (está destruído porque aconteceu um “acidente” com ele no meio do caminho, rs)

Ahhh, uma coisa muito importante que você deve saber, é que o funcionamento da Carlo’s Bakery, é em um sistema de “compre e leve para casa”. Por esse motivo, não há muitas mesas no local (quando fomos tinha apenas duas pequenas mesinhas) e o local também é pequeno, justamente para esse tipo de atendimento.

E sabe o Rick Zavala? Aquele que ganhou o reality Batalha dos Confeiteiros Brasil, exibido pela Record? Então, é ele o braço direito de Buddy Valastro no Brasil. Legal, né?!

NOSSA OPINIÃO

Quando fomos, a confeitaria estava BEM cheia (esperamos mais de 1 hora na fila). Tudo bem que foi logo no início do ano e próximo a sua inauguração, mas, normalmente esses lugares bastante conhecidos são cheios mesmo. Por isso, aconselhamos ir com muita paciência. Aos finais de semana tendem a demorar um pouco mais. Mas vale a pena!

Para sermos sinceras, não curtimos tanto assim o cannoli e a lobster tail com recheio de creme (achamos bem amanteigados, sabe?!). Massss, também pedimos uma lobster tail de Nutella, e gente, páááááára tudoooo! Essa sim é uma boa pedida e, na nossa opinião, vale a pena experimentar! DE-LI-CI-O-SA demais. Sério!

Também pedimos a Tower de Nutella (nada mais é que um bolo no pote) e o famoso cupcake red velvet. Também super indicamos esses pedidos. São deliciosos!

Como o sistema é “compre e leve para casa”, indicamos conferir o pedido antes de sair de lá, para certificar que não está faltando nada e nem venha errado (como aconteceu com um de nossos pedidos).

Então é isso pessoal.
Deixamos mais essa dica para vocês conhecerem em São Paulo e, se alguém aí já foi, escreva aqui nos comentários o que achou 🙂

Endereço Carlo’s Bakery – São Paulo
R. Bela Cintra, 2182 – Consolação
São Paulo – SP, 01415-002, Brazil
Tel.: (11) 2307-2310
Site: http://carlosbakery.com.br/

APERTE O PLAY E VENHA VER UM POUQUINHO MAIS DA CARLO’S BAKERY BRASIL!

Beijos com carinho,

 

 

 

Você pode se interessar por estes assuntos!

Croasonho

Bartataria da Vovó

Paris 6

Vlog #3 Ilhéus/BA – Brasil | Itacaré

Hellooo Brasil!

Nesse vlog mostrei um pouco mais de duas praias lindas que tive oportunidade de conhecer quando fui para Ilhéus.
Na verdade, essas praias ficam em Itacaré (cidade próxima a Ilhéus), e já contei mais sobre elas nesse link AQUI

Agooooraaa, aperte o play e confira!

Beijos com carinho,

Resenha Kit Alisena – Muriel Cosméticos

Hellooo Brasil!!!

Hoje tem o quê? Resenha desse kit maravilhoso chamado Alisena!

Quando a Muriel Cosméticos deu uma prévia de que iriam lançar esse produto, a mulherada pirou (inclusive eu, hahaha) e te falo logo abaixo o motivo de tanta “piração”.

Quem nunca ficou horas no salão de beleza para alisar o cabelo e cheirando aqueles produtos fortíssimos com químicas? Confesso que nunca passei química assim em meu hair (o máximo que fiz foram luzes), mas já fiquei SIM horas alisando ele, tanto no salão quanto em casa.

Diante disso, a  proposta da linha Alisena, é deixar os cabelos mais lisos, sem frizz e principalmente sem química. Olha só que máximo!

Sem contar essa embalagem fofinha demais, que é como se fosse a reprodução da embalagem da Maizena (já que o protagonista na composição desse kit é o amido de milho). Achei muito criativo e já fiquei interessada em comprar o produto também por sua embalagem.

O kit é composto pelos produtos que irei listar abaixo e devem ser usados exatamente nessa ordem:

  • Shampoo (D-Pantenol + Composto de aminoácidos | Sem sal)
  • Máscara (D-Pantenol + Composto de aminoácidos + Ácido láctico + Ácido glicólico | Sem sal)
  • Condicionador (D-Pantenol + Composto de aminoácidos + Ácido láctico + Ácido glicólico | Sem sal)
  • Finalizador (D-Pantenol + Composto de aminoácidos + Ácido láctico | Sem sal)

Vale ressaltar, que a linha não é testada em animais. Gosto muito quando encontro uma marca boa e que não realiza teste em animais. Por isso, recomendo messsmooo!

APLICAÇÃO:

Lave o cabelo com o Shampoo Alisena em água morna ou fria, como o de costume, massageando suavemente o couro cabeludo. Após, remova o excesso de água com uma toalha e aplique a Máscara Alisena, do comprimento às pontas, separando mecha por mecha. Deixe a máscara agir por um período de 10 a 20 minutos e enxágue com água morna ou fria. Aplique o Condicionador Alisena de maneira uniforme (não passar no couro cabeludo) deixando-o agir por 3 minutos. Enxágue com água morna ou fria. E por último, utilize o Finalizador, pois ele irá proteger os cabelos do calor causado pelo secador e/ou chapinha (utilize principalmente nas pontas).

OBS: Segundo a marca, o kit Alisena pode ser utilizada diariamente (incluindo a máscara), sem danificar os cabelos. O uso contínuo trará resultados ainda melhores para o liso tão desejado. 

MINHA OPINIÃO:

Gostei muito dessa linha desde a primeira utilização. Costumo lavar os cabelos duas vezes com o shampoo e a máscara deixei agindo por 20 minutos. Achei que meu cabelo ficou menos volumoso, mais macio, mais solto e com menos frizz. Também me ajudou bastante no processo de escovar o cabelo. Demorei em torno de 10 minutos para fazer uma escova básica (antes da escova sequei o cabelo com secador).

Os produtos são bem consistentes, mas não pesam no cabelo.

Possuem um aroma bastante agradável.

A única coisa que eu achei ruim, foi a dificuldade em tirar o produto da embalagem. A embalagem é um plástico bem durinho e, como o produto é consistente, achei que foi um pouco difícil de conseguir fazer ele sair (no caso do shampoo foi um pouquinho mais fácil por ser mais líquido).

Recomendo? COM CERTEZA!

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

progressiva, alisar o cabelo, cabelo liso, como deixar os cabelos lisos, maizena

Linha Xmix Bio-crescimento Extrato de Bamboo – Fels Professional

Tratando os cabelos com Kit Aussie

Como colocar unhas postiças em casa

 

 

 

Vlog Influbeauty – Muriel Cosméticos | Lançamento Alisena

Hellooo Brasil!!

Dias atrás fui convidada pela Muriel Cosméticos a participar do evento de lançamento da linha Alisena.
Para quem ainda não conhece, o Alisena é um produto que com o uso contínuo, vai deixando seus cabelos lisos, como se fosse o efeito de uma escova progressiva.

O melhor de tudo é que ele não leva química em sua composição e você ainda pode utilizá-lo no conforto de sua casa.O máximo, né?!

Fiquem ligadinhas aqui no blog, porque ainda essa semana irei liberar a resenha desse kit maravilhoso.

Chega de conversa. Aperte o play e venha conferir um pouquinho do que rolou por lá.

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

Linha Xmix Bio-crescimento Extrato de Bamboo – Felps Professional

Kiko Milano Brasil

Glamour Beauty Festival – 1ª edição

Nossa lojinha na Ikesaki

Hellooo Brasil! Tudo bem com vocês?

Quem nos acompanha em nossas demais redes sociais, já estão sabendo da novidade. E agora, estamos compartilhando aqui com vocês no bloguinho 🙂

O Blog Triicotando, em parceria com a loja Ikesaki, inaugurou uma lojinha pessoal dentro do site deles. Olha que máximo! Estamos muito felizes por essa conquista.

Para você que quer conhecer nossa lojinha e aproveitar os precinhos camaradas para comprar os produtinhos que estão faltando para a sua produção, deixaremos o link logo abaixo.

CLIQUE AQUI PARA IR PARA NOSSA LOJINHA!

Lá estão disponíveis alguns dos nossos produtos queridinhos (esses aí das fotos são apenas alguns mesmo, porque tem muito mais por lá), além de muitos outros disponíveis em todo site da IKESAKI. Temos certeza que irão gostar!

Aguardamos a visita de todos em nossa lojinha também, ok?!

Beijos com carinho, Mi e Gi

 

 

Vlog #2 Ilhéus/BA – Brasil | Trilha Tororomba

Hello pessoal!

Esse é o vlog #2 da viagem que fiz para Ilhéus. Fiz uma trilha com o pessoal do Resort Tororomba e foi muito bacana pois eu nunca tinha feito trilha antes.

Uma outra coisa legal que descobri antes de iniciar a trilha e que acabamos não colocando no post sobre o Resort Tororomba (CLIQUE AQUI PARA CONFERIR), é que o Resort também aceita os seus bichinhos de estimação. Olha que máximo! No vídeo mostramos tudinho para vocês. Aperte o play e confira!

Beijos com carinho,

Ilhéus/BA – Brasil | Parte 5: Centro Histórico

Como não pode faltar em qualquer outra cidade que se vai (principalmente se for a primeira vez), fomos conhecer o Centro de Ilhéus.

Para fazer esse passeio fomos por conta própria, mas se preferir, esse passeio também pode ser fechado com a Grou Turismo – CVC.

Como o Resort Tororomba (onde ficamos hospedados) fica bem distante do Centro, não deu para conhecer tudo em uma única tarde, ainda mais porque estávamos sozinhos e não sabíamos andar muito bem por lá. Antigamente havia no hotel uma van que cobrava R$ 80,00 para levar e mais R$ 80,00 para voltar (no carro cabiam até 7 pessoas), mas quando estávamos hospedados recebemos a informação de que não havia mais esse serviço no hotel. O preço do táxi era o mesmo, ou seja, R$ 160,00 ida e volta. Como achamos MUITO caro, resolvemos ir de ônibus mesmo.

O ônibus passa em frente ao hotel de 2 em 2 horas e na recepção do hotel podemos pedir os horários dos ônibus. Resolvemos pegar os horários um pouco tarde e quando fomos ver o ônibus tinha acabado de passar. Teríamos então que esperar mais 2 horas para pegar o próximo. Demos sorte, conhecemos uma família no hotel que estavam de carro e nesse dia eles iriam para Itacaré, eles nos deram uma carona até o Centro, pois era caminho.

Quando chegamos no Centro, tivemos que andar um pouco até a parte histórica da cidade. Ilhéus é bem simples e o Centro não é lá muito bonito (somente na parte histórica) então não ficamos andando muito por lá. Encontramos uma feirinha de artesanatos muito legal e as coisas são bem mais baratas por lá. Um pouco mais a frente da feirinha, chegamos na parte histórica da cidade. Conhecemos a Catedral de São Sebastião (uma das igrejas mais lindas que já visitei). Logo ao lado encontramos o Bar Vesúvio muito famoso na cidade (Bar do Nacib na novela Gabriela). Nas noites de terça-feira há apresentações teatrais inspirados nos personagens Nacib e Gabriela. Em frente, encontramos a sorveteria Ponto Chic, também é um ponto bem conhecido na cidade e o sorvete é delicioso. Não achei caro em comparação com outras sorveterias desse tipo, cada bola sai por volta de R$ 3,00 (grande). Conhecemos também a casa Jorge Amado, hoje um museu onde é cobrado uma taxa de R$ 5,00 para entrar. Não entrei na casa para conhecer, apenas por fora (já estava quase na hora de pegar o ônibus de volta).

Outro lugar que eu queria conhecer mas não deu tempo, foi o antigo Bataclan, que de acordo com o romance de Jorge Amado, era um prostíbulo frequentado pelos coronéis (Senhores do Cacau). Hoje funciona um restaurante no lugar. Mas, se você fechar o passeio com a Grou Turismo – CVC, essa visita está inclusa no pacote.

Nesse caso, eu indico fechar sim o pacote com a Grou Turismo – CVC, apesar de não saber quais são as paradas do pacote, acho que a visita ao Centro da cidade será mais proveitosa e claro com todas as informações históricas, além de ter o conforto da van (o que é bem melhor do que ficar esperando o ônibus).

OBS: Por uma conversa que tive com uma hóspede que fechou o pacote com a “Grou”, a parada na feira de artesanato não está inclusa. Por tanto, se quiser parar na feirinha, certifique-se antes de fechar qualquer coisa.

Para voltar, levamos o papel dado pelo hotel com os ônibus de volta e pedimos informações para os policiais para saber onde era o ponto que deveríamos ir. Pegamos o ônibus Cidade Sol, onde a passagem é um pouco mais cara (R$ 7,00), porém, passava um pouco mais rápido que o outro (mas demora também, rs).

Para pegar esse ônibus, devemos comprar as passagens antes do ônibus chegar, as mesmas são vendidas em frente ao ponto.

Bem gentemmm, com esse post finalizo as publicações sobre minha viagem para Ilhéus.

Se eu voltaria? SIM! Eu amo a Bahia e amei conhecer um pouquinho da cidade e principalmente o Resort Tororomba. Tenho certeza que se vocês forem, também não irão se arrepender. E caso alguém já tenho ido, me conte o que achou, ok?

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

Ilhéus/BA – Brasil – Resort Tororomba 

Atividades no Resort Tororomba

Itacaré/BA – Brasil

 

Ilhéus/BA – Brasil | Parte 4: Conhecendo Itacaré

PRAIA DA CONCHA E PRAIA DA TIRIRICA

Se você for para Ilhéus, não deixe de conhecer o município de Itacaré, onde são encontradas muitas belezas naturais.

Quando chegamos no aeroporto de Ilhéus, fomos recebidos pelo Raoni (Guia da Grou Turismo – prestam serviços terceirizados para CVC).  Ele nos deu um catálogo com os passeios que poderíamos fazer e o contato dele. Depois de deicidir com calma qual queríamos, fechamos todos os passeios por WhatsApp.

Escolhemos o passeio para Itacaré onde fomos para a Praia da Concha (linda por sinal).
O passeio custou R$ 75,00 por pessoa e a van  estava no hotel às 08 horas (horário marcado). De lá, fomos direto para a praia, mas pelo caminho ouvimos mais sobre a história da cidade. Chegamos na praia e lá já tinha alguns quiosques e guarda- sol a nossa espera, rs, e como de costume, fomos muito bem recebidos.

O mar é calmo e sem ondas, parece uma piscina. Praia limpa e água cristalina. Para quem gosta de caminhar na praia, é bem legal por ser extensa e, para quem gosta de tirar fotos (como eu) nas duas extremidades da praia há belíssimas pedras com uma vista maravilhosa (ótimo fundo para fotos). Na praia também tem o quiosque onde podemos alugar caiaques e as pranchas para stand up paddle.

Como sempre tive vontade de andar de stand up e ir lá para o meio do mar, aluguei um e gostei bastante, pois tive toda a assessoria necessária para que conseguisse ficar de pé e também o colete salva vidas. Confesso que achei que seria difícil para pegar “as manhas” da brincadeira, mas não foi! Em pouco tempo consegui ficar em pé e curtir 1 hora de paz, tranquilidade e muito treino de bíceps, hahaha. Para quem manja bastante do esporte, é possível ir até o farol que tem na praia. Pensei que pudesse chegar até lá pelas pedras, mas não dá; somente com a prancha, caiaque ou nadando (para quem sabe e já tem prática, claro).

Se você for para esse praia, indico que experimente a deliciosa caipirinha de Cacau (indicação do Raoni), além do sabor muito gostoso, é servida no próprio cacau com todo charme que ele merece.

Na hora da volta, tivemos algumas paradas. A primeira foi no mirante Serra Grande. Nele temos uma vista incrível da praia Pé de Serra (próximo passeio). A parada é rápida, apenas para tiramos algumas fotos e podermos apreciar a vista. A segunda parada é na Praia da Tiririca. Nela havia uma espécie de “capim cortante” e por esse motivo recebeu esse nome, pois Tiririca nada mais é do que uma espécie de capim.

A praia é ideal para quem gosta de esportes. Lá há um círculo cimentado para a prática da capoeira, uma pista de skate e no mar são realizados os campeonatos de surf. Também há algumas pousadas para quem preferir se hospedar em Itacaré e até mesmo massagistas. Já pensou que delícia receber uma massagem de frente para o mar?

Depois foi a hora de conhecer o centro de Ilhéus e fazer algumas comprinhas. Não tivemos muito tempo para andar pela cidade,mas deu para conhecer e trazer algumas coisinhas e o principal: o CHOCOLATE que não poderia faltar. Afinal, Ilhéus é a terra do cacau.

Nossa última parada foi na casa da empada, R$ 7,00 cada empada, porém são bem recheadas . Indico a empada de camarão.
OBS: Não é nesse passeio que a parada na empada  é feita, paramos por  necessidades de usar o banheiro. Mas caso você esteja de carro, ou até mesmo pegar um guia legal (como o nosso) indico a parada.  Passeio aprovado !!!

PRAIA PÉ DE SERRA

Esse passeio foi realizado em dia diferente do da Praia da Concha e funcionou da mesma forma: no horário combinado, o guia junto com a van passou no hotel para nos buscar.

Do hotel, seguimos viagem para a praia Pé de Serra (a praia que vimos no Mirante Serra Grande – passeio anterior). No meio do percurso tivemos um imprevisto: O ônibus que estávamos quebrou. Porém, isso não atrapalhou nosso passeio, pois o guia Raoni logo ligou para a central e em mais ou menos uns 15 minutos uma outra van chegou (eu particularmente gostei bastante dessa parada pois consegui tirar muitas fotos legais, hahaha).

Chegando na praia, ficamos numa área com uma ótima estrutura. O quiosque com comida boa, pessoas muito simpáticas (como em toda a Bahia), banheiros, ducha e o que eu mais achei legal foram as mesas e bancos feitos com madeiras (restos de árvores) e uma grande sombra com folhas de coqueiros (ou palmeiras – não sei diferenciar, hahaha).

Logo no início, o guia nos levou para caminhar pela extensão da praia, jogando bola (o que foi mega divertido). Chegamos até as pedras no final da praia (rendeu muitas fotos lindas). Passamos a manhã nessa praia, almoçamos e quando foi umas 14 horas partimos para a parte tão esperada do passeio: A cachoeira!!

Não demorou muito até que chegássemos. Pagamos uma taxa de R$ 13,00 por pessoa para entrar,  porém, esse valor é só para quem está com guia turístico. Caso você vá por conta própria, a taxa era um pouco maior, mas não passa de R$20,00 por pessoa.

Lá também tem uma grande estrutura, restaurante, uma lojinha onde eram vendidos alguns artesanatos (maioria colares de pedras) e plantas. UAUUU que lugar incrível! Não via a hora de entrar na cachoeira.  O que eu mais gostei é que essa cachoeira é de água morna e por isso consegui aproveitar muitooo.

Como é bom lavar a alma naquela forte queda d’água.

O bom de ir com o guia, é que ele ajuda você a chegar na queda d’água. Se você não sabe nadar, ele te dá uma boia e te puxa. Também é possível ir segurando na corda ou até mesmo nadando. É tranquilo, mesmo tendo 5m de profundidade. E o salva-vidas estava ali o tempo todo para socorrer caso acontecesse alguma coisa.

Alerta: como em todas as cachoeiras, não podia faltar também os chatos e grandes mosquitos. É um bicho bem grande e a picada  dele machuca. Se você for alérgico ou não leve um repelente!

Bom, chegamos ao final do melhor passeio dessa viagem (na minha opinião). Hora de voltar para o hotel!

No próximo post, que irá ao ar ainda essa semana, publicarei a última postagem dessa viagem para Ilhéus, que será contando um pouquinho do Centro Histórico da cidade. Quero ainda liberar o último vlog dessa viagem também. Espero conseguir editar o vídeo a tempo, hahaha.

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

Resort Tororomba – Ilhéus/BA – Brasil – Parte I

Atividades no Resort Tororomba – Ilhéus/BA – Brasil – Parte II

Maceió/AL – Brasil