Conhecendo o “Velho Chico”, Cânions de Xingó, Mangue-Seco e Atalaia – Aracaju/SE – Brasil

Olá pessoal, tudo bem?

Não que eu seja noveleira, hahaha, mas hoje será a estreia da novela “Velho Chico” na emissora Globo e isso me fez lembrar a viagem que fiz para Aracaju/SE em 2012 (e claro que não poderia deixar de conhecer o famoso rio São Francisco, mais conhecido carinhosamente como “Velho Chico”).

O rio São Francisco, é um dos mais importantes do Brasil e, além de banhar alguns estados e diversos munícipios, ele é MARAVILHOSO,  mas infelizmente vem passando por sérios problemas 🙁

Pulando essa parte, vou contar um pouquinho de como foi minha viagem.
Minha ida para Aracaju/SE foi bem rapidinha, com duração de apenas três dias no período do Carnaval.

Fiquei hospedada no Quality Hotel Aracaju e sinceramente? No quesito estrutura e decoração foi um dos hotéis que mais gostei de me hospedar até hoje. Quarto aconchegante, limpo, com varanda, equipado com TV, frigobar, telefone, ar condicionado; nas áreas comuns possui elevador, restaurante, piscina, massagista, área de eventos, estacionamento, room servisse 24h, academia, sauna, serviço de lavanderia, Wi-Fi, e muito mais. Além disso, ele fica praticamente dentro do estacionamento do shopping Rio Mar (eu que quase não gosto de shopping nem pirei né? Hahahaha) e fica há uns 10 minutos da Orla de Atalaia.

Foto via Quality Hotel Aracaju

Foto via Quality Hotel Aracaju

Vista do quarto do hotel para o Rio São Francisco

Vista do quarto do hotel para o Rio São Francisco

Durante esse período, consegui conhecer um pouquinho de Atalaia e o Centro de Aracaju, a praia de Mangue-Seco e o Cânion de Xingó.

Sem dúvida, o Cânion de Xingó foi o passeio que mais gostei. Gente, que lugar lindo! Resumidamente, o Cânion, é um profundo vale e de grande extensão, considerado um dos maiores do mundo e, ao seu redor há diversas rochas/ grutas que surgiram devido as barragens da Hidrelétrica Xingó, deixando-o ainda mais deslumbrante. A única coisa ruim, é que era bem distante de onde eu estava hospedada. O trajeto demorou em torno de umas 3 horas até chegar na cidade de Canindé (sertão de Sergipe). Chegando em Canindé, é necessário fazer um passeio de catamarã ou lancha, com duração aproximada de 1 hora até conseguir chegar ao Cânion de Xingó, com parada para mergulho e passeio de barquinho pelas águas de tonalidade verde e cristalina do Velho Chico.

Em meios aos rochedos, há uma imagem de São Francisco como homenagem e, segundo o guia local, lá no início do Descobrimento do Brasil, algumas embarcações se reuniam neste local para a realização das missas.

Uma dica que dou, é para quem quiser conhecer o lugar (e que vale muito a pena), é pernoitar nesta cidade, pois há outros passeios interessantes por lá que precisarão de pelo menos mais um dia. Infelizmente não consegui fazer estes outros passeios.

500
600
700
800
900

Foto retirada da internet

Foto retirada da internet

Parada para mergulho no Rio São Francisco

Parada para mergulho no Rio São Francisco

Imagem de São Francisco em meio aos rochedos

Imagem de São Francisco em meio aos rochedos

Passeio de barco

Passeio de barco

1400

O segundo passeio que mais gostei nessa viagem foi à ida para o Mangue-Seco. O local é uma vila de pescadores situada na cidadezinha da Jandaíra (município que pertence ao estado da Bahia, fazendo divisa com Sergipe).

Para chegar até o local, foi necessário além da estrada, fazer uma travessia de barco com duração de aproximadamente 15 minutos. Após a travessia, pode-se chegar até a praia de Mangue-Seco a pé ou com bugue, mas com certeza é muito mais legal e divertido passear pelas dunas com o bugue –  E COM EMOÇAO! Hahahaha.

A praia não é das mais bonitas que já conheci, mas é uma praia limpa e muito gostosa para um banho de mar. Os trabalhadores/ moradores de lá também foram muito hospitaleiros. Também indico este passeio a quem for conhecer Aracaju.

1500

Passeio de bugue pelas dunas de Mangue-Seco

Passeio de bugue pelas dunas de Mangue-Seco

Coqueiro Romeu e Julieta

Coqueiros Romeu e Julieta

1800
1900

Praia de Mangue-Seco

Praia de Mangue-Seco

Por fim, o último passeio foi pela famosa praia de Atalaia. A Orla é o cartão postal da cidade e possui diversos bares e restaurantes, praça de eventos, hotéis e pousadas, quadras, centro de Arte e Cultura e outras coisinhas mais. Como fiquei pouquíssimos dias, então não deu para explorar muito essa região rs, mas é claro que eu tinha que tomar um banho de mar em Atalaia né? Rsrsrsrs.  Na minha opinião, a praia também não é das mais bonitas (comparada a algumas outras), mas é uma praia limpa e de água morna bem gostosa, apesar de possuir uma coloração escura devido a tonalidade da areia.

Orla de Atalaia - Foto retirada da intenet

Orla de Atalaia – Foto retirada da internet

Praia de Atalaia

Praia de Atalaia

2300

Centro de Aracaju

Centro de Aracaju

Centro de Aracaju

Centro de Aracaju

Com certeza há muito mais o que explorar em Aracaju/SE mas, foram apenas estes passeios que consegui fazer durante essa viagem.

Alguém aí já foi pra lá? Que lugares vocês visitaram? Me deem algumas diquinhas 😉 Quem sabe um dia ainda volto pra lá e posso conhecer um pouco mais do local =)

Beijos com carinho,
Mi