Ilhéus/BA – Brasil | Parte 5: Centro Histórico

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Como não pode faltar em qualquer outra cidade que se vai (principalmente se for a primeira vez), fomos conhecer o Centro de Ilhéus.

Para fazer esse passeio fomos por conta própria, mas se preferir, esse passeio também pode ser fechado com a Grou Turismo – CVC.

Como o Resort Tororomba (onde ficamos hospedados) fica bem distante do Centro, não deu para conhecer tudo em uma única tarde, ainda mais porque estávamos sozinhos e não sabíamos andar muito bem por lá. Antigamente havia no hotel uma van que cobrava R$ 80,00 para levar e mais R$ 80,00 para voltar (no carro cabiam até 7 pessoas), mas quando estávamos hospedados recebemos a informação de que não havia mais esse serviço no hotel. O preço do táxi era o mesmo, ou seja, R$ 160,00 ida e volta. Como achamos MUITO caro, resolvemos ir de ônibus mesmo.

O ônibus passa em frente ao hotel de 2 em 2 horas e na recepção do hotel podemos pedir os horários dos ônibus. Resolvemos pegar os horários um pouco tarde e quando fomos ver o ônibus tinha acabado de passar. Teríamos então que esperar mais 2 horas para pegar o próximo. Demos sorte, conhecemos uma família no hotel que estavam de carro e nesse dia eles iriam para Itacaré, eles nos deram uma carona até o Centro, pois era caminho.

Quando chegamos no Centro, tivemos que andar um pouco até a parte histórica da cidade. Ilhéus é bem simples e o Centro não é lá muito bonito (somente na parte histórica) então não ficamos andando muito por lá. Encontramos uma feirinha de artesanatos muito legal e as coisas são bem mais baratas por lá. Um pouco mais a frente da feirinha, chegamos na parte histórica da cidade. Conhecemos a Catedral de São Sebastião (uma das igrejas mais lindas que já visitei). Logo ao lado encontramos o Bar Vesúvio muito famoso na cidade (Bar do Nacib na novela Gabriela). Nas noites de terça-feira há apresentações teatrais inspirados nos personagens Nacib e Gabriela. Em frente, encontramos a sorveteria Ponto Chic, também é um ponto bem conhecido na cidade e o sorvete é delicioso. Não achei caro em comparação com outras sorveterias desse tipo, cada bola sai por volta de R$ 3,00 (grande). Conhecemos também a casa Jorge Amado, hoje um museu onde é cobrado uma taxa de R$ 5,00 para entrar. Não entrei na casa para conhecer, apenas por fora (já estava quase na hora de pegar o ônibus de volta).

Outro lugar que eu queria conhecer mas não deu tempo, foi o antigo Bataclan, que de acordo com o romance de Jorge Amado, era um prostíbulo frequentado pelos coronéis (Senhores do Cacau). Hoje funciona um restaurante no lugar. Mas, se você fechar o passeio com a Grou Turismo – CVC, essa visita está inclusa no pacote.

Nesse caso, eu indico fechar sim o pacote com a Grou Turismo – CVC, apesar de não saber quais são as paradas do pacote, acho que a visita ao Centro da cidade será mais proveitosa e claro com todas as informações históricas, além de ter o conforto da van (o que é bem melhor do que ficar esperando o ônibus).

OBS: Por uma conversa que tive com uma hóspede que fechou o pacote com a “Grou”, a parada na feira de artesanato não está inclusa. Por tanto, se quiser parar na feirinha, certifique-se antes de fechar qualquer coisa.

Para voltar, levamos o papel dado pelo hotel com os ônibus de volta e pedimos informações para os policiais para saber onde era o ponto que deveríamos ir. Pegamos o ônibus Cidade Sol, onde a passagem é um pouco mais cara (R$ 7,00), porém, passava um pouco mais rápido que o outro (mas demora também, rs).

Para pegar esse ônibus, devemos comprar as passagens antes do ônibus chegar, as mesmas são vendidas em frente ao ponto.

Bem gentemmm, com esse post finalizo as publicações sobre minha viagem para Ilhéus.

Se eu voltaria? SIM! Eu amo a Bahia e amei conhecer um pouquinho da cidade e principalmente o Resort Tororomba. Tenho certeza que se vocês forem, também não irão se arrepender. E caso alguém já tenho ido, me conte o que achou, ok?

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

Ilhéus/BA – Brasil – Resort Tororomba 

Atividades no Resort Tororomba

Itacaré/BA – Brasil

 

4 ideias sobre “Ilhéus/BA – Brasil | Parte 5: Centro Histórico

    • Oi Mo!
      Tem construções antigas que são lindas mesmo.
      Infelizmente o Centro de Ilhéus está meio precário, precisando melhorar em muitos aspectos, mas ainda assim podemos encontrar belos lugares, como essa igreja, por exemplo. Mas na região das prais/resort eu não tenho do que reclamar.

      Beijinhos, Gih

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *