Ilhéus/BA – Brasil | Parte 4: Conhecendo Itacaré

PRAIA DA CONCHA E PRAIA DA TIRIRICA

Se você for para Ilhéus, não deixe de conhecer o município de Itacaré, onde são encontradas muitas belezas naturais.

Quando chegamos no aeroporto de Ilhéus, fomos recebidos pelo Raoni (Guia da Grou Turismo – prestam serviços terceirizados para CVC).  Ele nos deu um catálogo com os passeios que poderíamos fazer e o contato dele. Depois de deicidir com calma qual queríamos, fechamos todos os passeios por WhatsApp.

Escolhemos o passeio para Itacaré onde fomos para a Praia da Concha (linda por sinal).
O passeio custou R$ 75,00 por pessoa e a van  estava no hotel às 08 horas (horário marcado). De lá, fomos direto para a praia, mas pelo caminho ouvimos mais sobre a história da cidade. Chegamos na praia e lá já tinha alguns quiosques e guarda- sol a nossa espera, rs, e como de costume, fomos muito bem recebidos.

O mar é calmo e sem ondas, parece uma piscina. Praia limpa e água cristalina. Para quem gosta de caminhar na praia, é bem legal por ser extensa e, para quem gosta de tirar fotos (como eu) nas duas extremidades da praia há belíssimas pedras com uma vista maravilhosa (ótimo fundo para fotos). Na praia também tem o quiosque onde podemos alugar caiaques e as pranchas para stand up paddle.

Como sempre tive vontade de andar de stand up e ir lá para o meio do mar, aluguei um e gostei bastante, pois tive toda a assessoria necessária para que conseguisse ficar de pé e também o colete salva vidas. Confesso que achei que seria difícil para pegar “as manhas” da brincadeira, mas não foi! Em pouco tempo consegui ficar em pé e curtir 1 hora de paz, tranquilidade e muito treino de bíceps, hahaha. Para quem manja bastante do esporte, é possível ir até o farol que tem na praia. Pensei que pudesse chegar até lá pelas pedras, mas não dá; somente com a prancha, caiaque ou nadando (para quem sabe e já tem prática, claro).

Se você for para esse praia, indico que experimente a deliciosa caipirinha de Cacau (indicação do Raoni), além do sabor muito gostoso, é servida no próprio cacau com todo charme que ele merece.

Na hora da volta, tivemos algumas paradas. A primeira foi no mirante Serra Grande. Nele temos uma vista incrível da praia Pé de Serra (próximo passeio). A parada é rápida, apenas para tiramos algumas fotos e podermos apreciar a vista. A segunda parada é na Praia da Tiririca. Nela havia uma espécie de “capim cortante” e por esse motivo recebeu esse nome, pois Tiririca nada mais é do que uma espécie de capim.

A praia é ideal para quem gosta de esportes. Lá há um círculo cimentado para a prática da capoeira, uma pista de skate e no mar são realizados os campeonatos de surf. Também há algumas pousadas para quem preferir se hospedar em Itacaré e até mesmo massagistas. Já pensou que delícia receber uma massagem de frente para o mar?

Depois foi a hora de conhecer o centro de Ilhéus e fazer algumas comprinhas. Não tivemos muito tempo para andar pela cidade,mas deu para conhecer e trazer algumas coisinhas e o principal: o CHOCOLATE que não poderia faltar. Afinal, Ilhéus é a terra do cacau.

Nossa última parada foi na casa da empada, R$ 7,00 cada empada, porém são bem recheadas . Indico a empada de camarão.
OBS: Não é nesse passeio que a parada na empada  é feita, paramos por  necessidades de usar o banheiro. Mas caso você esteja de carro, ou até mesmo pegar um guia legal (como o nosso) indico a parada.  Passeio aprovado !!!

PRAIA PÉ DE SERRA

Esse passeio foi realizado em dia diferente do da Praia da Concha e funcionou da mesma forma: no horário combinado, o guia junto com a van passou no hotel para nos buscar.

Do hotel, seguimos viagem para a praia Pé de Serra (a praia que vimos no Mirante Serra Grande – passeio anterior). No meio do percurso tivemos um imprevisto: O ônibus que estávamos quebrou. Porém, isso não atrapalhou nosso passeio, pois o guia Raoni logo ligou para a central e em mais ou menos uns 15 minutos uma outra van chegou (eu particularmente gostei bastante dessa parada pois consegui tirar muitas fotos legais, hahaha).

Chegando na praia, ficamos numa área com uma ótima estrutura. O quiosque com comida boa, pessoas muito simpáticas (como em toda a Bahia), banheiros, ducha e o que eu mais achei legal foram as mesas e bancos feitos com madeiras (restos de árvores) e uma grande sombra com folhas de coqueiros (ou palmeiras – não sei diferenciar, hahaha).

Logo no início, o guia nos levou para caminhar pela extensão da praia, jogando bola (o que foi mega divertido). Chegamos até as pedras no final da praia (rendeu muitas fotos lindas). Passamos a manhã nessa praia, almoçamos e quando foi umas 14 horas partimos para a parte tão esperada do passeio: A cachoeira!!

Não demorou muito até que chegássemos. Pagamos uma taxa de R$ 13,00 por pessoa para entrar,  porém, esse valor é só para quem está com guia turístico. Caso você vá por conta própria, a taxa era um pouco maior, mas não passa de R$20,00 por pessoa.

Lá também tem uma grande estrutura, restaurante, uma lojinha onde eram vendidos alguns artesanatos (maioria colares de pedras) e plantas. UAUUU que lugar incrível! Não via a hora de entrar na cachoeira.  O que eu mais gostei é que essa cachoeira é de água morna e por isso consegui aproveitar muitooo.

Como é bom lavar a alma naquela forte queda d’água.

O bom de ir com o guia, é que ele ajuda você a chegar na queda d’água. Se você não sabe nadar, ele te dá uma boia e te puxa. Também é possível ir segurando na corda ou até mesmo nadando. É tranquilo, mesmo tendo 5m de profundidade. E o salva-vidas estava ali o tempo todo para socorrer caso acontecesse alguma coisa.

Alerta: como em todas as cachoeiras, não podia faltar também os chatos e grandes mosquitos. É um bicho bem grande e a picada  dele machuca. Se você for alérgico ou não leve um repelente!

Bom, chegamos ao final do melhor passeio dessa viagem (na minha opinião). Hora de voltar para o hotel!

No próximo post, que irá ao ar ainda essa semana, publicarei a última postagem dessa viagem para Ilhéus, que será contando um pouquinho do Centro Histórico da cidade. Quero ainda liberar o último vlog dessa viagem também. Espero conseguir editar o vídeo a tempo, hahaha.

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

Resort Tororomba – Ilhéus/BA – Brasil – Parte I

Atividades no Resort Tororomba – Ilhéus/BA – Brasil – Parte II

Maceió/AL – Brasil