Resenha Kit Alisena – Muriel Cosméticos

Hellooo Brasil!!!

Hoje tem o quê? Resenha desse kit maravilhoso chamado Alisena!

Quando a Muriel Cosméticos deu uma prévia de que iriam lançar esse produto, a mulherada pirou (inclusive eu, hahaha) e te falo logo abaixo o motivo de tanta “piração”.

Quem nunca ficou horas no salão de beleza para alisar o cabelo e cheirando aqueles produtos fortíssimos com químicas? Confesso que nunca passei química assim em meu hair (o máximo que fiz foram luzes), mas já fiquei SIM horas alisando ele, tanto no salão quanto em casa.

Diante disso, a  proposta da linha Alisena, é deixar os cabelos mais lisos, sem frizz e principalmente sem química. Olha só que máximo!

Sem contar essa embalagem fofinha demais, que é como se fosse a reprodução da embalagem da Maizena (já que o protagonista na composição desse kit é o amido de milho). Achei muito criativo e já fiquei interessada em comprar o produto também por sua embalagem.

O kit é composto pelos produtos que irei listar abaixo e devem ser usados exatamente nessa ordem:

  • Shampoo (D-Pantenol + Composto de aminoácidos | Sem sal)
  • Máscara (D-Pantenol + Composto de aminoácidos + Ácido láctico + Ácido glicólico | Sem sal)
  • Condicionador (D-Pantenol + Composto de aminoácidos + Ácido láctico + Ácido glicólico | Sem sal)
  • Finalizador (D-Pantenol + Composto de aminoácidos + Ácido láctico | Sem sal)

Vale ressaltar, que a linha não é testada em animais. Gosto muito quando encontro uma marca boa e que não realiza teste em animais. Por isso, recomendo messsmooo!

APLICAÇÃO:

Lave o cabelo com o Shampoo Alisena em água morna ou fria, como o de costume, massageando suavemente o couro cabeludo. Após, remova o excesso de água com uma toalha e aplique a Máscara Alisena, do comprimento às pontas, separando mecha por mecha. Deixe a máscara agir por um período de 10 a 20 minutos e enxágue com água morna ou fria. Aplique o Condicionador Alisena de maneira uniforme (não passar no couro cabeludo) deixando-o agir por 3 minutos. Enxágue com água morna ou fria. E por último, utilize o Finalizador, pois ele irá proteger os cabelos do calor causado pelo secador e/ou chapinha (utilize principalmente nas pontas).

OBS: Segundo a marca, o kit Alisena pode ser utilizada diariamente (incluindo a máscara), sem danificar os cabelos. O uso contínuo trará resultados ainda melhores para o liso tão desejado. 

MINHA OPINIÃO:

Gostei muito dessa linha desde a primeira utilização. Costumo lavar os cabelos duas vezes com o shampoo e a máscara deixei agindo por 20 minutos. Achei que meu cabelo ficou menos volumoso, mais macio, mais solto e com menos frizz. Também me ajudou bastante no processo de escovar o cabelo. Demorei em torno de 10 minutos para fazer uma escova básica (antes da escova sequei o cabelo com secador).

Os produtos são bem consistentes, mas não pesam no cabelo.

Possuem um aroma bastante agradável.

A única coisa que eu achei ruim, foi a dificuldade em tirar o produto da embalagem. A embalagem é um plástico bem durinho e, como o produto é consistente, achei que foi um pouco difícil de conseguir fazer ele sair (no caso do shampoo foi um pouquinho mais fácil por ser mais líquido).

Recomendo? COM CERTEZA!

Beijos com carinho,

Você também pode se interessar por estes assuntos!

progressiva, alisar o cabelo, cabelo liso, como deixar os cabelos lisos, maizena

Linha Xmix Bio-crescimento Extrato de Bamboo – Fels Professional

Tratando os cabelos com Kit Aussie

Como colocar unhas postiças em casa

 

 

 

Resenha: “Como eu era antes de você”

como-eu-era-antes-de-voce

“Apenas viva bem.
Apenas viva.”

Olá meus amores, tudo bem?

Aproveito o início do ano para indicar uma super leitura de um livro que roubou meu coração com sua história linda, emocionante e triste, mas que nos dá uma lição de vida. Esse livro é o  “Como eu era antes de você”, da autora Jojo Moyes.

Difícil encontrar alguém que ainda não tenha lido este livro ou assistido ao filme, mas acreditem, ainda tem sim pessoas que não conhecem a história dos personagens tão amados: Louisa Clark e Will Traynor.

“Como eu era antes de você” conta a história de Will Traynor, um jovem bem-sucedido, amante de viagens e aventuras e apaixonado pela vida.

Em um dia muito chuvoso, Will Traynor sai de casa rumo ao trabalho e é atingido por uma moto, sofrendo um acidente gravíssimo e ficando tetraplégico. Deste dia em diante, a vida perde a graça para ele e tudo o que ele mais deseja é acabar de vez com esse sofrimento.

A família de Will faz de tudo para reanimá-lo e mostrar que ainda é possível ele ser feliz e que é possível continuar fazendo as coisas que fazia, é “só” uma questão de adequação.

Para ajudá-lo nesta nova etapa, a família contrata uma cuidadora, Louisa Clark. Uma garota amável, de bem com a vida, apaixonada por moda e que adora se vestir com roupas que para os demais são um tanto quanto esquisitas, rs. Louisa acabara de perder o seu emprego em uma lanchonete e precisa muito de dinheiro para continuar sustentando sua família.
Ser cuidadora não é o que ela quer ser exatamente, mesmo porque não possui nenhuma habilidade para isso, além de ser bastante desastrada, mas por questões financeiras não pode recusar o emprego.

Louisa e Will se estranham um pouco no início por conta do jeito “grosso” de Will Traynor, mas, na verdade, ele não quer ser cuidado por uma menina nova, bonita e cheia de vida; ele tem vergonha e também não quer que ela perca a vida dela ali, cuidando dele.

Com o passar do tempo, os dois se tornam grandes amigos, aliás, eu diria que se tornam muito mais do que isso.
Louisa Clark, faz TUDO o que está ao seu alcance para que Will Traynor volte a querer viver; volte a fazer planos para a vida mas, algumas coisas acontecem pelo caminho.

Será que Louisa conseguiu  fazer Will mudar de ideia? Será que ela atingiu seu objetivo? Isso vocês só saberão se ler o livro ou então assistir ao filme, rs, mas uma mensagem Will passou para Louisa e para todos nós leitores: “Apenas viva bem. Apenas viva”.

Se vocês já leram ou assistiram, falem aqui nos comentário o que acharam, ok?!

Beijos com carinho,

ass

Resenha: “Três semanas com meu irmão”

Sem título

Olá pessoal, tudo bem?

 

Hoje vim fazer uma resenha do livro “Três semanas com meu irmão”, do Nicholas Sparks. Vocês já leram?

 

Este livro conta um pouquinho da história real da família Sparks, principalmente dos irmãos Nicholas e Micah, os únicos sobreviventes da família, no qual decidem partir para uma viagem de três semana ao redor do mundo, com o intuito de além de relaxarem, poderem também se reaproximarem, já que, por consequências da vida, Nicholas teve que mudar de cidade e acabaram se distanciando.

 

O livro também conta sobre alguns momentos da infância dos irmãos; as dificuldades financeiras passadas pela família; os sonhos que a mãe teve que abandonar para criar os filhos e também o que ela fazia para poder mantê-los unidos. Conta também da passagem dos irmãos para a vida adulta; como encontraram o amor verdadeiro e formaram suas próprias famílias; como ganharam o primeiro milhão; as perdas que tiveram ao longo da vida e que testaram sua fé.

 

A família Sparks, era composta por 5 pessoas: Patrick (pai), Jill (mãe), Micah (filho mais velho), Nicholas (filho do meio) e Dana (caçula).

Micah sempre foi bastante esperto e brincalhão. Nicholas, sempre estudioso e inteligente, mas se sentia um pouco “rejeitado”. Dana, muito doce e meiga, igual a mãe. Jill, era o tipo de mulher que sempre fazia tudo pela família e era sempre decidia. Patrick, tinha uma personalidade muito forte. Era mais firme e muitas vezes parecia ser até “cruel”, mas era uma boa pessoa.

 

Sempre que leio as sinopses dos livros de Nicholas Sparks, já imagino que o livro será bom, mas, percebo que na maioria de seus livros há alguma tragédia e aí penso: “caramba, mas ele só saber fazer romance com tragédia”? E o livro “Três semanas com meu irmão” me mostrou o porquê disso, pois a maioria dos livros são baseados em fatos reais da própria família (me senti triste ao saber disso). Inclusive, “Um amor para recordar”, um dos livros mais vendidos de Nicholas Sparks, foi baseado em uma pessoa muito especial para ele.

 

Outra coisa que esse livro me ensinou, é que devemos aproveitar da melhor maneira a vida que temos. Não adianta querermos parecer perfeitos, querermos tentar fazer as coisas mais perfeitas possíveis (aos nossos olhos), mas que na realidade, ao buscarmos a perfeição, acabamos deixando o básico, o essencial de lado e quando percebemos já é tarde demais.

 

Com certeza é um livro que indico.
Gostei bastante de saber um pouco mais sobre essa família.

 

Quais livros vocês me indicam hein?!

 

Beijos com carinho,
Mi

Resenha: “Um amor para recordar”

12670155_980372235377168_4356853885059064849_n

O livro “Um amor para recordar”, é um best-seller do autor Nicholas Sparks, muito conhecido por escrever romances.

Eu (Milena), particularmente adorei a leitura. Aliás, gosto bastante de histórias de romance e isso me prendeu a atenção.

O livro tem uma escrita jovial, é de fácil entendimento, é um livro curto e também passa uma mensagem de perdão e amor ao próximo. Uma história de amor que consegue sim mexer com o emocional do leitor.

É um livro narrado em primeira pessoa pelo personagem Landon, onde ele conta, após quarenta anos, sobre a linda história de amor que viveu com Jamie.

Landon é um jovem rico, porém rebelde e, um dos motivos de sua rebeldia, é a distância do pai, no qual trabalha longe de casa e nem sempre consegue ficar com a família.

Landon mora em uma pequena cidade chamada Beaufort, na Carolina do Norte e está cursando o último ano do ensino médio. O que ele mais quer no momento, é aproveitar a vida e a liberdade que tem antes de entrar para a faculdade.

Jamie é filha do pastor e é uma garota um tanto quanto “diferente” das outras meninas no que se diz em aspecto físico. Porém, é uma menina muito educada, amorosa e muito boa com todas as pessoas e animais. Em todo lugar que vai, sempre leva sua bíblia.

Landon e Jamie se conheciam desde a infância, mas nunca haviam conversado muito, até que devido a algumas ocorrências referente ao baile da escola e a famosa peça de teatro de final de ano da cidade, criada pelo pai de Jamie, fizeram com que os dois se aproximassem. Landon não gostava que as pessoas o vissem com Jamie justamente por ela ser “estranha”, mas com o passar dos dias foram ficando amigos, até que a amizade virou uma grande paixão.

No decorrer dos meses uma grave descoberta acaba abalando a vida desses dois jovens, mas é isso que faz com que o amor que sente um pelo outro se fortaleça ainda mais.

Com certeza o jovem casal nos passa uma grande lição de vida e nos dá a oportunidade de ler uma linda história de amor.

Bora começar a leitura?

Beijos com carinho,
Mi